CPI já revela covardia do governo

Mandetta denunciou à CPI a gestão clandestina da pandemia no Planalto sob vigilância de Carlos Bolsonaro e entregou prova documental de que previu mortandade pela pandemia

José Nêumanne

06 de maio de 2021 | 21h29

Sereno e sem tergiversar, o ex-ministro Mandetta não teve trabalho para desmentir narrativas bolsonaristas e apontou o caminho das pedras para a CPI da Covid no Senado destroçar a farsa oficial. Foto: Dida Sampaio/Estadão

1 – O episódio em que o #senadorcironogueira leu, mal e porcamente, a pergunta que seu patrão no #palaciodoplanalto preparou como eventual cilada para sabotar o depoimento de #luizhenriquemandetta na #cpidacovid, graças à #trapalhada de #fabiofaria e a fuga do #generaleduardopazuello do próprio depoimento revelam a enorme covardia do #desgoverno de #jairbolsonaro. 2 – O ex-ministro da Saúde #nelsonteich disse que saiu da pasta 28 dias depois da posse por discordar do #tratamentoprecoce com #cloroquina e das interferências do chefe. 3 – O #presidentedarepublica desafiou o #stf a cancelar seu futuro #decretocontraisolamentosocial e insinuou que a #china criou o #novocoronavirus para usar na guerra química para sabotar a remessa de #ifa para fabricar #coronavac no #butantan. #joseneumannepinto. #diretoaoassunto. Inté. E só a verdade nos salvará.

Para ver vídeo no YouTube clique aqui

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.