As informações e opiniões formadas neste blog são de responsabilidade única do autor.

Covid-19 mata mais no Brasil

Pandemia que assola o mundo mata mais no Brasil do que nos EUA, Itália e Espanha, mas ministro Ramos reclama que a imprensa publica tragédia da covid-19, em vez de tranquilizar população com mentiras

José Nêumanne

23 de abril de 2020 | 21h49

Esta imagem de enterro no maior cemitério de São Paulo, o de Vila Formosa, é exemplo que general Ramos para reclamar da imprensa, que, segundo ele, deveria tranquilizar o povo. Foto: Felipe Rau/Estadão

O número de mortes provocadas pela covid-19 no Brasil dobra a cada cinco dias. Nos EUA, isso ocorre a cada seis dias, e na Itália e na Espanha, a cada oito. O dado consta da última nota técnica do MonitoraCovid-19, um sistema da Fiocruz que agrupa dados sobre a pandemia do novo coronavírus e revela a velocidade com que ela se dissemina pelo País. “A nossa situação hoje é pior do que a de Itália, Espanha e Estados Unidos. Por isso, o número de mortes está dobrando em menos tempo”, afirmou o epidemiologista Diego Xavier, pesquisador do Instituto de Comunicação e Informação em Saúde (Icict), da Fiocruz, e um dos responsáveis pelo trabalho. Mas, em vez de combater a doença, o ministro Ramos quer que a imprensa deixe de noticiar mortes e as substitua por boas novas.

Para ouvir comentário clique no link abaixo e, em seguida, no play:

https://soundcloud.com/jose-neumanne-pinto/neumanne-23042020-direto-ao-assunto

Para ouvir no Blog do Nêumanne, Política, Estadão, clique aqui

Assuntos para comentário na quinta-feira 23 de abril de 2020:

1 – Haisem – Mortes no País dobram a cada dois dias – revela título de chamada no alto da primeira página no Estadão de hoje. Como você recebe a notícia desta mais que chocante tragédia anunciada sem que ainda tenha chegadoa estação mais fria do ano

2 – Carolina – Que graves motivos podem explicar, para você, a queixa feita pelo secretário-geral da Presidência, general Luiz Eduardo Ramos, de que o noticiário sobre a crise da covid-19 gire em torno de mortes e sepultamentos

3 – Haisem – No Pará, doentes dormem na fila – Esta é outra notícia dada na primeira página do Estadão com uma foto registrando esse absurdo. Você acredita que a constatação dessa dura realidade poderá reduzir o abandono a que a elite dirigente brasileira trata a população como um todo

4 – Carolina – Ala militar impõe obras; equipe de Guedes diz que não há verba – É a manchete de primeira página do Estadão hoje. Como você acredita que se resolverá esse impasse entre alas fortes e influentes no governo federal

5 – Haisem – São Paulo pode retomar economia na quarentena – informa o título de outra chamada de primeira página do Estadão hoje. Que conseqüências práticas você espera desta notícia na eventualidade de um colapso de equipamentos de saúde para atender às vítimas de um eventual aumento da velocidade de contágio do novo coronavírus

6 – Carolina – Como você recebeu as mortes de seus amigos Fernando Pedreira e Mário Petrelli, ontem

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.