As informações e opiniões formadas neste blog são de responsabilidade única do autor.

Coronavírus na pauta das eleições

A 7 meses das eleições municipais e antes de passar pelo Calvário da pandemia, políticos já estão assadíssimos para adiá-las como se a luta contra a covid-19 não exigisse de todos concentração total para sustar seus efeitos

José Nêumanne

23 de março de 2020 | 21h31

“É hora de focar no enfrentamento da crise, vamos cuidar do combate ao vírus”, disse Rodrigo Maia referindo-se à proposta do ministro da Saúde de adiar eleições municipais. Foto: Dida Sampaio/Estadão

Sugerido pelo ministro da Saúde, Luiz Henrique Mandetta, o adiamento das eleições municipais de 2020, por causa da pandemia do novo coronavírus enfrenta resistência na classe política e na cúpula do Judiciário. A avaliação mais recorrente é a de que a discussão está “fora de hora” e que os Poderes devem focar no enfrentamento da doença e nas consequências das crises sanitária e econômica no País. O assunto foi levado ao ministro do STF Luís Roberto Barroso, que assumirá a presidência do TSE em maio e comandará o processo eleitoral em outubro, e este negou recurso do Podemos pelo adiamento alegando ser este assunto do Legislativo, e não do Judiciário. E o presidente da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia, advertiu que “realização de eleições periódicas é um rito vital para a democracia”. Ele está certíssimo!

Para ouvir comentário clique aqui e, em seguida, no play

 

Comentários para segunda-feira 23 de março de 2020

1 – Haisem – O ministro da Saúde, deputado Luiz Henrique Mandetta, propõe adiamento das eleições municipais para 2022, mas seu colega, o presidente da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia, discorda. Qual dos dois tem mais razão

2 – Carolina – O presidente da República, Jair Bolsonaro, inclui os meios de comunicação entre os serviços que não podem ser suspensos durante a crise. Será que caiu a ficha

3 – Haisem – O que você achou da decisão dos jornais brasileiros de unificar as capas para ajudar a combater a crise do coronavírus na saúde e na economia

4 – Carolina – Informação sobre o primeiro caso positivo da covid-19 em Roraima revela que não há mais Estados imunes à pandemia no Brasil. Em que isso pode influir na atitude das autoridades para combater o contágio de forma efetiva

5 – Haisem – Empresas pedem um ‘Plano Marshal’l para evitar colapso – esta é a manchete de primeira página do Estadão hoje. Você acha que, de fato, a solução passa por esse tipo de ajuda usada pelos Estados Unidos para reduzir efeitos da segunda guerra mundial na Europa

6 – Carolina – O noticiário sobre a evolução do contágio do coronavírus na Espanha surpreende pela exposição da incompetência da saúde pública. A Itália registra 651 casos num dia e total se aproxima de 5.500. E a França registrou 574 mortos no fim de semana. O que esta nova pandemia revela sobre o Estado de bem estar social do continente europeu

Tendências: