Coração fujão

Coração fujão

Coração valente em palanque, do impeachment no Senado Dilma foge

José Nêumanne

06 de julho de 2016 | 09h26

Dilma avisou a juristas que não vai ao Senado

Dilma avisou antes a juristas amigos que não vai ao Senado hostil

Em vez de ir à Comissão de Impeachment do Senado, em respeito à democracia e para usar a tribuna para a própria defesa, Dilma preferiu faltar e, com isso, assinar uma confissão de culpa.

(Comentário no Jornal da Gazeta da terça-feira 5 de julho de 2016)

Para ver o comentário clique aqui

 

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.