Comandante usa o bastão
As informações e opiniões formadas neste blog são de responsabilidade única do autor.

Comandante usa o bastão

Maior líder do Exército desde 2015, general Villas Bôas respondeu com dureza a guru dos Bolsonaros, chamando-o de Trotski de direita e dizendo que presta desserviço

José Nêumanne

07 de maio de 2019 | 11h42

Na Academia Militar de Agulhas Negras, Villas Bôas e Bolsonaro exibem descontração e intimidade de companheiros de armas. Foto: Wilton Júnior/Estado

A primeira reação dura aos ataques que o “guru” da família Bolsonaro tem feito aos generais instalados em gabinetes do Palácio do Planalto partiu do mais destacado líder das Forças Armadas brasileiras de 2015 para cá, o general reformado Eduardo Vilas Bôas, que, após ter deixado o comando do Exército, agora é assessor do Gabinete de Segurança Institucional, chefiado pelo general Augusto Heleno. Ao ser informado de que a hashtag “forasantoscruz” havia alcançado o topo no ranking nacional do Twitter, ele postou em sua rede social uma nota em que chama Olavo de Carvalho de “Trotski de direita”. Depois, deu uma entrevista a Tânia Monteiro, da Sucursal do Estado em Brasília, indo além ao dizer sem papas na língua que “Olavo presta enorme desserviço ao País”. E Bolsonaro diz que seu time é um só.

Para ouvir clique aqui e, em seguida, no play

Assuntos para comentários da terça-feira 7 de maio de 2019

1 – Haisem – “Olavo presta desserviço ao País”, afirma general Villas Bôas”, diz a manchete do Estadão de hoje. O que você acha que levou o líder mais respeitado do Exército hoje a esta conclusão tão dura

2 – Carolina – Por que o presidente Jair Bolsonaro se viu levado a garantir que não há divisão entre militares e olavistas em seu governo, que é um time só, depois de tornadas públicas tantas ofensas de parte a parte

SONORA_BOLSONARO FICAR QUIETO

3 – Haisem – O que você acha que o presidente da República pretende ao falar tão carinhosamente de seu vice Hamilton Mourão de quem seu filho Carlos falou muito mal em redes sociais recentemente

4 – Carolina – Por que a secretaria-geral da Presidência foi duas vezes alvo do fogo filial de Carlos Bolsonaro provocando a queda de Gustavo Bebbiano e incitando a fritura do general Carlos Alberto dos Santos Cruz

5 – Haisem – Qual sua opinião sobre parecer do vice-procurador-geral da República, Luciano Mariz Maia, e do despacho do ministro do STF Edson Fachin mantendo a prisão do cidadão brasileiro Ari Sipahi para atender a acusação do presidente da Turquia, Recep Erdogan

6 – Carolina – Qual é o motivo de tanto destaque e até surpresa com o anúncio do líder do governo e relator do pacote anticrime do ministro da Justiça e da Segurança Publica, Sérgio Moro, no Senado

7 – Haisem – Por que será que o ex-secretário-geral da Presidência da República Gustavo Bebianno delatou seu ex-colega de partido Marcelo Álvaro Antônio, ministro do Turismo, no episódio das candidatas laranja do PSL em Minas Gerais

8 – Carolina – O que há de relevante na informação de que o ex-presidente Michel Temer passou a ser réu na Justiça Federal em Brasília pela sexta vez por obstrução de justiça e organização criminosa

 

Tendências: