Com o pé atrás

Com o pé atrás

Juristas e sociedade desconfiam de acordão para livrar a cara dos políticos

José Nêumanne

25 de agosto de 2016 | 09h08

Luiz Flávio Gomes denuncia acordão

Luiz Flávio Gomes denuncia acordão

A Associação dos Magistrados Brasileiros e o próprio coleguinha Marco Aurélio Mello seguraram um pouco a onda de Gilmar Mendes, amenizando a proclamação por ele feita de “por freios” na Operação Lava Jato, tendo levado o procurador-geral da República, Rodrigo Janot, a cancelar sem razão nem explicações a delação premiada do empreiteiro Léo Pinheiro. O ambiente jurídico e a sociedade brasileira como um todo estão com o pé atrás, caso do professor Luiz Flávio Gomes, de quem vi um vídeo enviado por um amigo, denunciando uma acordão multi-institucional e multipartidário para anistiar políticos flagrados em corrupção.

(Comentário no Direto da Redação 3 da Rádio Estadão – FM 92,9 – da quarta-feira 24 de agosto de 2016)

Para ouvir clique aqui e, aberto o site da emissora, 2 vezes no play sob o anúncio em azul

 

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.