Coisa de bicheiro
As informações e opiniões formadas neste blog são de responsabilidade única do autor.

Coisa de bicheiro

Banco paralelo de Cabral usava tecnologia da Odebrecht e tradição dos bicheiros do samba

José Nêumanne

21 de novembro de 2016 | 12h21

Cabral nos bons tempos com Lula

Cabral nos bons tempos com seu padrinho Lula

Banco “paralelo” para receber, guardar e entregar dinheiro vivo das propinas obtidas pelo esquema sob o comando do ex-governador do Rio, Sérgio Cabral, assemelha-se ao Departamento de Operações Estruturadas, o data center da Odebrecht na Suíça. E também imita a velha contabilidade de lavar dinheiro usada pelos bicheiros cariocas no passado. As forças-tarefas das Operações Lava Jato e Calicute investigam o superfaturamento de obras, o propinoduto das empresas empreiteiras e a entrega de R$ 224 milhões para o ex-governador e seus homens de confiança na operação de um esquema para burlar a lei e a vigilância de órgãos públicos encarregados de reprimi-lo.

(Direto ao Assunto no Estadão no Ar 2 da Rádio Estadão – FM 92,9 – na segunda-feira 21 de novembro de 2016, às 8h12m)

Para ouvir clique aqui e, aberto o site da emissora, 2 vezes no play sob o anúncio em azul

 

Tendências: