Cinemas vazios

Cinemas vazios

Foram exibidos 143 filmes brasileiros em 2016, mas 43 deles foram vistos por menos de mil pessoas

José Nêumanne

14 de março de 2017 | 18h08

Muitos filmes, poucos espectadores

Muitos filmes, poucos espectadores

Segundo Fabiano Ristow, do Globo, “a atual menina dos olhos da Agência Nacional de Cinema (Ancine) é um número: 143. Esta foi a quantidade de longas brasileiros lançados em salas de cinema em 2016. Dez anos antes, em 2006, esse total era de menos da metade: 71 filmes. Um recorde histórico, segundo o órgão, que fez o levantamento com base em dados disponíveis a partir da Retomada, em 1995. O recorde, então, chama a atenção para o fato de que se gasta muito dinheiro público e se lucra pouquíssimo dinheiro privado do público para o cinema brasileiro funcionar. Ipojuca Pontes estava, então, coberto de razão quando fechou a Embrafilme no governo Collor, provocando revolta geral dos cineastas.

(Comentário no Direto da Moviola no Estadão no Ar da Rádio Estadão – FM 92,9 – na terça-feira 14 de março de 2017, às 7h52m)

Para ouvir clique aqui e, aberto o site Estação Nêumanne, no ícone do play

 

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.