Cidadania órfã
As informações e opiniões formadas neste blog são de responsabilidade única do autor.

Cidadania órfã

Estouro da meta fiscal é evidência que governo Temer fracassou no controle do gasto público

José Nêumanne

14 Agosto 2017 | 18h58

Temer não tem como justificar rombo na meta fiscal Foto: Dida Sampaio/Estadão

O Podcast Comentaristas do Jornal Eldorado da Rádio Eldorado – FM 107.3 – na segunda-feira 14 de agosto de 2017 começou com meu Direto ao Assunto analisando a pesquisa Ipsos que constatou que 94% dos brasileiros não se sentem representados pelos políticos que fingem representa-los; a safadeza do distritão e dos bilhões de verbas públicas para financiarem campanhas; o gasto excessivo de Temer para salvar sua pele; o recuo dos procuradores no pedido de reajuste salarial; e a insistência da União em salvar acionistas e credores da Oi. Eliane Cantenhêde falou do anúncio da nova meta fiscal pela equipe econômica, o que significa admitir que não está controlando direito as contas públicas e, enquanto isso, os candidatos de 2018 põem o pé na estrada, com Doria à frente. Alexandre Garcia também tratou do tema anterior, constatando que o rombo nas contas públicas é cada vez maior; relatou o termômetro da economia: bolsa e câmbio; e contou como um conselheiro de Itamar Franco vê a política hoje. Gustavo Loyola registrou o Boletim Focus. Em Direto da Fonte, Sonia Racy contou que o Hospital das Clínicas (HC( não quer que tombe o local de sua sede. E, em Perguntar Não Ofende, Marília Ruiz criticou a CBF, por achar que os campeonatos não podem parar por causa da convocação da seleção.

Para ouvir clique aqui