Centrão recua para atacar
As informações e opiniões formadas neste blog são de responsabilidade única do autor.

Centrão recua para atacar

Suspeitos deixam de exigir novos ministérios, mas mantêm transferência do Coaf para economia e armas ensarilhadas para guerra contra Moro no combate à corrupção, que os une em retaliação e medo de pena

José Nêumanne

22 de maio de 2019 | 16h19

 

Rodriguinho senta-se à mesa para conversar com Aguinaldo, Major Vitor Hugo, Coronel Armando e Joice, mas clima de constrangimento com tropa de Bolsonaro é patente. Foto: Dida Sampaio/Estadão Conteúdo

Os meios de comunicação informaram que a pressão exercida nas redes sociais, mesmo antes das manifestações de domingo 26, conseguiu fazer o Centrão abandonar por enquanto seu plano de humilhar Bolosonaro deixando caducar a MP da reforma administrativa e de criar 2 ministérios para eles assumirem. Se cumprirem o que Rodrigo combinou com Onyx, os golpistas da Câmara deixaram no ar sinais de que recuarão agora e até na reforma da Previdência para concentrarem o ataque no que realmente lhes interessa que é sabotar o combate à corrupção, crime dos quais muitos deles são suspeitos, acusados, denunciados, processados, condenados, apenados e presos ou temerosos. Direto ao assunto. Inté. E só a verdade nos salvará.

Para ver vídeo no YouTube clique aqui

Tendências: