As informações e opiniões formadas neste blog são de responsabilidade única do autor.

Capricho populista de Bolsonaro

Para atender a grupo específico de seguidores presidente põe em risco vidas de motoristas e passageiros atenuando penas contra velocistas do trânsito

José Nêumanne

05 de junho de 2019 | 23h53

Bolsonaro disse a caminhoneiros que, se pudesse, teria aumentado pontos para cassar CNH de 20 para 60, e não para 40, como fixa lei que mandou para Congresso. Foto: Alan Santos/PR/Divulgação

O presidente Jair Bolsonaro resolveu investir contra conquistas civilizatórias em defesa da vida humana circulando em meios de transportes reduzindo ou eliminando punições para infratores no trânsito por capricho populista contra “indústria da multa”.

Para ver comentário no Jornal da Gazeta da quarta-feira 5 de junho de 2019 clique aqui

 

Tendências: