As informações e opiniões formadas neste blog são de responsabilidade única do autor.

Cambalacho pró Lula em STJ e STF

Cambalacho que resultou na redução em três anos e três meses da pena de Lula pelo STJ continuará no STF com eliminação de lavagem de dinheiro da pena para mandá-lo mais rapidamente de volta pra casa

José Nêumanne

28 de abril de 2019 | 13h07

Por telefone Lula disse a Dilma que STF e STJ eram “acovardados”, mas agora bajula Supremo para não “melar” combinação sair da cela. Foto: Dida Sampaio/Estadão

Apesar de haver confirmado em terceira instância que Lula é ladrão e lavador de dinheiro, 5.ª turma do STJ reduziu pena dele em dez meses comparando com a dada por Moro e em três anos e três meses com a ampliada pelo TRF 4 em estratégia combinada para propiciar a saída do dito cujo para semiaberto, regime que, segundo jurista Miguel Reale, não existe, passando automaticamente para aberto. O passo seguinte da tramoia é o STF eliminar a condenação por lavagem de dinheiro. Por isso, o condenado, que chamou tribunais superiores de “acovardados” em telefonema a Dilma, na fala do trono para Folha e El País bajulou explicitamente o STF, do qual petistas nomearam sete de onze ministross. Direto ao Assunto. Inté. E só a verdade nos salvará.

Para ver vídeo no YouTube clique aqui

Tudo o que sabemos sobre:

José Nêumanne PintoVídeo no YoutubeLula

Tendências: