Calamidade e corrupção
As informações e opiniões formadas neste blog são de responsabilidade única do autor.

Calamidade e corrupção

Causa da calamidade estadual e federal é a conjunção maligna de má gestão com corrupção sem freios

José Nêumanne

20 de junho de 2016 | 10h45

 

Dornelles decreta calamidade no Rio

Dornelles decreta calamidade no Rio

 

A corrupção, que vem sendo devassada pelos policiais, procuradores e pela Justiça Federal do Paraná na Operação Lava Jato na “república de Curitiba” tem muito mais a ver com o estado de calamidade pública que acaba de ser decretado pelo governador em exercício do Rio de Janeiro, Francisco Dornelles, do que pode sonhar nossa vã ideologia. Os pacientes dos hospitais públicos, os alunos de escolas estaduais e os servidores do Estado do Rio são todos vítimas, como o resto de nós, brasileiros, da má gestão e da corrupção, que atuam em conjunto para depauperar a Petrobrás e a República.

(Comentário no Estadão no Ar da Rádio Estadão – FM 92,8) na segunda-feira 20 de junho de 2016, às 7h10m)

Clique aqui e, aberto o site da emissora, mais duas vezes no play sob o anúncio em azul

 

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências: