Cadê o público de Lula?

Cadê o público de Lula?

Toffoli desautorizou PF, juíza de execuções penais e TRF-4 e passou por cima do STJ só para atender a um capricho do ex-chefinho Lula, mas este achou melhor não ir ao enterro do irmão, com pouca gente

José Nêumanne

31 de janeiro de 2019 | 07h01

Dr. Toffoli até autorizou, mas Lula desistiu de ir para enterro do irmão para não chamar a atenção para a própria desimportância. Foto: Fernando Bizerra/EFE

Em mais um dos testes a que costuma submeter a Justiça, Lula pediu para sair da cela de estado-maior em Curitiba para comparecer ao velório do irmão, Genival, Vavá. A PF alegou que o helicóptero que o transportaria presta serviço muito mais relevante ao participar do trabalho de busca de vítimas e corpos em Brumadinho e a juíza das Execuções Penais, Carolina Lebbos, negou permissão. O relator do TRF-4, Leandro Paulsen, concordou. A defesa do ex, em mais uma de suas chicanas, passou ao largo do STF e pediu diretamente ao STF a permissão. Como sempre desempenhando o papel de advogadinho do PT, o presidente Dias Toffoli autorizou. Mas Lula desistiu de ir, por falta de público. KKK! Este é meu comentário no Estadão Notícias, no Portal do Estadão desde 6 horas de quinta-feira 31 de janeiro de 2019.

Para ouvir clique aqui e, em seguida, no player

 

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.