As informações e opiniões formadas neste blog são de responsabilidade única do autor.

Cadê fiscal que xeretou IR de Bolsonaro?

Bolsonaro já devia ter exigido de Guedes e Moro identificação e execração pública do delinquente da Receita que xeretou informações sigilosas do IR dele e da mulher, Michelle, pois este crime é inaceitável

José Nêumanne

06 de abril de 2019 | 13h20

Bolsonaro disse a jornalistas convidados para café que não nasceu para ser presidente, mas militar, agora é ex-militar e tem de desempenhar na Presidência como Nação espera dele. Foto: Eraldo Peres/AP

Eu denuncio infiltração por grupos políticos de órgãos como Receita e Polícia Federais desde a gestão Itamar Franco. Portanto, não me surpreendi com a notícia de que agentes delinquentes do Fisco xeretaram os dados sigilosos de Michelle e Jair Bolsonaro. O que me surpreende é que até agora nenhum deles foi denunciado publicamente e seus chefes continuam com a mesma lorota de sempre: que vai haver inquérito administrativo e coisa e tal. Alguém precisa contar ao presidente da República que ele é o chefe desses canalhas e que tem de exigir de seus ministros da Fazenda, Paulo Guedes, e da Justiça, Sérgio Moro, imediata identificação dos espertalhões, execração pública deles e de sua prática e não ficar esperando inquéritos corporativistas destes órgãos burocráticos, que ainda se dão ao luxo de fazer campanha contra projetos urgentes para a Nação, como o pacote anticrime e a reforma da Previdência. Direto ao assunto. Inté. E só a verdade nos salvará.

Para ver vídeo no YouTube clique aqui

Tendências: