Cadáver insepulto
As informações e opiniões formadas neste blog são de responsabilidade única do autor.

Cadáver insepulto

Governo ioiô de Temer embroma população em talk shows de ministros com informações que inventam sobre mobilização dos transportadores e transportadores para dar falsa impressão de que situação está sob controle

José Nêumanne

30 Maio 2018 | 17h52

Grace, Jungmann e Etchegoyen encenam um dos talk shows do governo federal para enbromar população Foto: André Dusek/ Estadão

O governo Temer foi obrigado a ceder a todas as reivindicações dos transportadores de cargas que bloquearam as estradas do Brasil e a mentir à população desamparada em talk shows absurdos de seus ministros. Num deles o chefe da Casa Civil, Eliseu Padilha, garantiu que não havia mais obstruções em estrada nenhuma, mas a verdade é que a Polícia Rodoviária Federal acabou de informar que ainda há mais de 600 pontos de concentração à margem das rodovias, o que significa que o movimento continua. O pior é que ficou claro que as ameaças feitas de própria voz por seu chefe não são cumpridas porque as Forças Armadas e a Policia Federal simplesmente não obedecem mais a suas ordens. Ou seja, esse governo ioiô hoje é um cadáver insepulto: morreu, mas ninguém ainda se dispôs a enterrá-lo. Abri com este comentário minha intervenção no Jornal da Cultura da TV Cultura na terça-feira 29 de maio de 2018, das 21h15 às 22h15, com ancoragem de Joyce Ribeiro e a participação do advogado Eduardo Muylaert, ex-secretário da Segurança Pública do Estado de São Paulo no governo de Franco Montoro.

Para ver o vídeo clique aqui