As informações e opiniões formadas neste blog são de responsabilidade única do autor.

Bronca de comandante

General Villas-Bôas não deixou sem resposta avalanche de acusações de traição a seu companheiro de farda Santos Cruz, que sofre ataques orquestrados nas redes sociais por Carlos Bolsonaro

José Nêumanne

06 de maio de 2019 | 22h06

Ao espinafrar Olavo de Carvalho por ofensas a companheiros de farda, ex-comandante do Exército mostra não estar disposto a contemporizar com ofensas. Foto: Daniel Teixeira/Estadão

O ex-comandante do Exército, general Eduardo Villas Boas, que é hoje a maior liderança das Forças Armadas, mandou um recado duro pelas redes sociais sobre o dono das mãos que atiçam a fogueira em que ardem as vaidades dos Bolsonaros no mais poderoso posto da República. A tentativa de fritar o secretário-geral da Presidência, Santos Cruz, levou-o a dizer que Olavo de Carvalho, que chamou de “Trotski de direita”, “a partir de seu vazio existencial, derrama seus ataques aos militares e às Forças Armadas demonstrando total falta de princípios básicos e da educação”. Recado dado, resta esperar qual será a reação do presidente. Direto ao assunto. Inté. E só a verdade nos salvará.

Para ver vídeo no YouTube clique aqui

 

Tendências: