As informações e opiniões formadas neste blog são de responsabilidade única do autor.

Brasil em guerra pela vacina

Na reunião em que ministro da Saúde avisou a governadores que só a União poderá vacinar contra covid, governador de São Paulo lhe perguntou se recusa em comprar CoronaVac é política ou ideológica

José Nêumanne

09 de dezembro de 2020 | 21h49

Depois de bater boca com Dória em reunião virtual, Pazuello fez pronunciamento aos repórteres no Palácio do Planalto, nada contou de novo e não admitiu responder a nenhuma pergunta. Foto: Gabriela Biló/Estadão

1 – General da passiva Pazuello reuniu governadores para lhes negar direito de vacinar e prevê dois meses de trâmites burocráticos na Anvisa para autorizar em demora assassina contra milhares de brasileiros que morrerão invejando sorte dos britânicos, que não são desgovernados por Bolsonaro. 2 – Gilmar mandou dizer que ficou furioso com Fux e Barroso porque não lhe deram apoio para violar Constituição. 3 – Exposição de paletó e vestido da posse do casal presidencial é brega, patética e mera picaretagem. 4 – No Dia mundial da corrupção, não temos o que comemorar, avisa Carvalhosa em artigo no Estadão. Direto ao assunto. Inté. E só a verdade nos salvará.

Para ver vídeo no YouTube clique aqui

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.