Bolsonaro segue Pinochet, diz César

Como o general que implantou a ditadura militar no Chile usou carabineiros no golpe, presidente brasileiro conquista admiradores entre jovens soldados das PMs para seu planejado autogolpe em 22

José Nêumanne

11 de janeiro de 2021 | 21h14

O presidente Jair Bolsonaro disse a futuros soldados da Polícia Militar do Estado do Rio de Janeiro que os maiores inimigos deles é a imprensa, ao participa de sua Formatura , Foto: Wilton Junior/Estadão – 18/12/2020

Dois projetos esperam tramitam no Congresso mudando as leis orgânicas das Polícias Militares e Civis tirando poder dos governadores e violando a autonomia federativa prevista na Constituição. Na reunião de 22 de abril Bolsonaro deixou claro que tem inteligência própria, embora lhe falte a propriamente dita no sentido original, e grande parte dela está nas mãos de militares. Ainda defende a excludente de ilicitude, que assegura impunidade de militares que matam em ações policiais E é arroz de festa em cerimônias de formaturas em academias militares, O pai de Rodrigo Maia, César Maia, lembrou que no Chile, o golpe militar de Pinochet contou com os carabineros, por isso promovidos a quarta força armada. Muitos dos investigados na invasão do Capitólio no dia dos Santos Reis são de aparelhos de seguranças dos 50 estados.

Para ouvir comentário clique aqui e em seguida no play

 

Assuntos para comentário da segunda-feira 11 de janeiro de 2021

 

1 – Projetos limitam poder de governadores sobre polícias civil e militar – Esta é a manchete da edição impressa do Estadão de hoje. Qual a sua avaliação sobre o propósito dessa iniciativa que interfere na autonomia federativa garantida pela Constituição

 

2 – Fim de auxílio pode jogar 3 milhões e 400 mil na extrema pobreza – Este é outro título forte de chamada na primeira página de jornal. O que ainda pode ser feito para evitar essa nova tragédia que atingirá os brasileiros mais pobres na completa tragédia social depois da pandemia e da recessão econômica dela resultante

 

3 – O que justifica, a seu ver, o pedido de explicações da Agência Nacional de Vigilância Sanitária – Anvisa – ao Instituto Butantã, laboratório estadual paulista, para liberar para uso emergencial a Coronavac, que produz em parceria com o laboratório Sinovac chinês, no momento em que adota atitude oposta em relação à vacina da Astrozeneca em parceria com a Universidade de Oxford e a Fundação Instituto Oswaldo Cruz, federal,

 

4 – Para que aspecto do atual panorama jurídico chama a atenção a edição desta semana da série Nêumanne Entrevista com o desembargador Fausto De Sanctis do TRF-3, de São Paulo, que você publica desde ontem no Blog do Nêumanne no Portal do Estadão, sob o título Desembargador lamenta fim da Lava Jato

 

5 – 0 que você tem a dizer sobre o pedido de impedimento feito pelo desembargador Paulo Espírito Santo nos julgamentos relativos à Operação Lava Jato no Rio de Janeiro após atuar por mais de três anos no Tribunal Regional Federal da Segunda Região

 

6 – Câmara quer julgar Trump nesta semana – Esse é o título de uma chamada na primeira página do Estadão hoje. O que justifica essa reação radical do Congresso norte-americana à invasão do Capitólio na semana passada

 

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.