Bolsonaro revelou truque da impunidade

Bolsonaro revelou truque da impunidade

Substitutivo de petista, que desfigurou relatório da reforma da Lei da Improbidade Administrativa para garantir aliança com Centrão e governo federal, interessados na impunidade de suas bancadas

José Nêumanne

18 de junho de 2021 | 16h57

Zarattini, do PT, teve substituto aprovado com folga na Câmara com elogio deBolsonaro por dificultar trabalho do Ministério Público contra corrupção de agentes públicos. Foto: Pablo Valadares/Agência Câmara

Em acordo que uniu aliados do presidente Jair Bolsonaro e deputados de oposição ao governo, a Cânara dos deputadps aprovou na quarta-feira, 16, por ampla maioria, projeto que afrouxa a nova Lei da Impobridade Administrativa. Com um placar de 408 votos a favor e 67 contra, a votação representa mais um passo na tentativa de blindar políticos de investigações, iniciada após a Lava Jato. Considerada por integrantes do Ministério Público e de associações como uma brecha para a impunidade, a proposta seguiu para o Senado Esta é mais uma das promessas não cumpridas por Bolsonaro, que prefere garantir sua .ermanência no poder comprando o apoio do Centrão, notoriamente comprometido com a corrupção, e que continua avançando na pauta anticorrupção com o qual o presidente anunciava ser comprometido

Para ouvir o comentário clique aqui e, em seguida, no play

https://soundcloud.com/jose-neumanne-pinto/neumanne-180621-direto-ao-assunto

Assuntos para comentário na sexta-feira 18 de junho de 2021

1 – Haisem – Medida provisória da Eletrobrás pode gerar um custo de 84 bilhões de reais ao consumidor – Esta é a manchete de primeira página do Estadão de 18 de junho de 2021. Você diria que essa votação é um exemplo do modelo brasileiro do sistema você paga e deixa que eu gasto

2 – Carolina – Estados batem recorde de vacinação, mas meta é desafio – Este é o título de uma chamada no alto da primeira página do jornal nesta sexta-feira. O que, a seu ver, causa e o que resulta dessa constatação a respeito da pouca efetividade do combate público à covid-19 no País

3 – Haisem – Motociata vira banco de dados bolsonarista – Este é o título de uma chamada de primeira página do Estadão de hoje. A que conclusões você chega ao tomar conhecimento dessa notícia

4 – Carolina – PSB dá uma guinada à esquerda e se aproxima de Lula – Este é o título de outra chamada de primeira página do jornal que está circulando. Essa notícia será suficiente para extinguir a eventualidade da tal da terceira via na perspectiva única de polarização da eleição de 2022

5 – Haisem – Fuga mobiliza o Cerrado – Este é o título da foto-legenda do flagrante captado por Gabriela Biló da caçada das polícias de Goiás e do Distrito Federal ao assassino serial Lázaro Barbosa de Souza nos arredores da Capital da República. O que o terror vivido pela pacífica população rural da região revela sobre a realidade brasileira contemporânea

6 – Carolina – O domingão não é mais de Faustão – Este é o título de uma chamada de primeira página do Estadão do dia. O que você tem a dizer a respeito da despedida do encerramento do ciclo de um programa que foi campeão de audiência nas tardes domingueiras do Brasil

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.