As informações e opiniões formadas neste blog são de responsabilidade única do autor.

Bolsonaro reclamou da Federal

Ao afirmar à PF que presidente não encontrou "óbices e percalços" na segurança pessoal e familiar, Augusto Heleno desmontou mentira para inocentar chefe na ação de interferência na polícia judiciária

José Nêumanne

24 de junho de 2020 | 20h35

Ao desmentir a patranha inventada por Bolsonaro e os generais Braga e Ramos, Heleno mostrou que seu servilismo ao chefe não o leva a incorrer em perjúrio na Justiça. Foto: Dida Sampaio/Estadão

O chefe do Gabinete de Segurança Institucional, general Augusto Heleno, disse que Bolsonaro nunca encontrou “óbices e embaraços” para trocar sua segurança pessoal e familiar no Rio em ofício à Polícia Federal. A declaração desmonta a farsa criada pelo presidente para negar que queria interferir na PF quando reclamou da segurança na “ponta da linha” para ele, familiares e um “amigo”.

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências: