Bolsonaro quer dar golpe com PMs

No pior momento da pandemia e no agravamento da crise econômica virando caos social, presidente orienta seus fanáticos a provocarem motins de PMs por morte de soldado na Bahia

José Nêumanne

30 de março de 2021 | 22h46

A morte do PM Goes no Farol da Barra em Salvador, após ter surtado em patrulha de fiscalização de isolamento imposto para evitar contágio por covid foi pretexto para bolsonaristas incitarem motins. Foto: Foto: Alberto Maraux/SSP-BA

1 – No domingo, 2.598 brasileiros morreram de covid, aumento médio de 40% em 14 dias, e @presidentedarepublica de novo não se toca. 2 – #arthurlira e #rodrigopacheco têm nove reuniões com empresários e manda aviso para #jairbolsonaro. 3 – Inspirados por #brunocovas, prefeitos antecipam feriados e nível de isolamento social cai. 4 – #wesleygoes, #pmdabahia, atira para cima e é morto por colegas meganhas, com os quais chefe do Executivo conta para #autogolpe. 5 – #ernestoaraujo troca farpas com #katiaabreu e pede demissão do #itamaraty. #diretoaoassunto. Inté. E só a verdade salvará nossas vidas.

Para ver vídeo no YouTube clique aqui

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.