Bolsonaro mente e sabota saúde

Após revelada exist~encia 6,8 milhões de testes de covid prestes a chegarem data de vencimento, foram constatadas verbas de R$ 3,4 para combate à pandemia de não usadas pelo governo

José Nêumanne

28 de novembro de 2020 | 21h36

Apenas as atividades de construção e agricultura tiveram crescimento da população ocupada no terceiro trimestre, em que a economia brasileira foi assolada pelo efeito da pandemia da covid 19; Foto: Werther Sanatana/Estadão

1 – O Ministério da Saúde não usou R$ 3,4 bilhões liberados na forma de crédito extraordinário em maio deste ano para o enfrentamento da pandemia da Covid-19, em consonância com sabotagem do presidente Jair Bolsonaro à vida do brasileiro. 2 – A taxa de desemprego no País bateu novo recorde e subiu para 14,6% no trimestre encerrado em setembro, comprovando que a tática de abrir os negócios para salvar a economia, adotada pelo governo federal, não surte efeito. 3 – Segundo a Agência Europea de Remédios, cloroquina e hidroxicloroquina estão associadas a distúrbios psiquiátricos. Direto ao assunto. Inté. E só a verdade nos salvará.

Para ver vídeo no YouTube clique aqui

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.