Bolsonaro ignora 500 mil mortos

ouPresidente faz de conta que não morreu ninguém, Casa Civil solta nota oficial sobre 900 dias de governo comemorando preservação de vidas e Faria ironiza quem chorou meio milhão de óbitos

José Nêumanne

22 de junho de 2021 | 21h19

Sepultamento no maior cemitério de São Paulo, o de Vila Formosa, no dia em que País atingiu meio milhão de mortos por covid e no qual Bolsonaro não deu nenhum sinal de  solidariedade. Foto: Werther Santana/Estadão

1 – #500milmortosporcovid no Brasil, #jairbolsonaro ignora, #chefedacasacivl fala em #preservacaodevidas em #notaoficial sobre #900diasdegoverno e #fabiofaria comemora #18milhoesdecurados. 2 – No primeiro dia do #verao #hemisferionorte comemora com estádio e parques lotados vitória sobre #novocoronavirus. 3 – Em manifestações de sábado, os #contrabolsonaro mostram que a rua não pertence ao #presidentedarepublica. #joseneumannepinto. #diretoaoassunto. Inté. E só a verdade salvará as nossas vidas.

Para ver video no YouTube clique aqui

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.