Bolsonaro faz o STF de besta

STF responde a desaforos do presidente com críticas sem autores nem alvos definidos e continua despachando habeas corpus para atrapalhar investigações da CPI da Covid

José Nêumanne

29 de julho de 2021 | 20h55

Em nota distribuída pela assessoria de imprensa, sem autor identificado, STF responde a crítica de Bolsonaro sem declinar seu nome nem também citar Goebbels, teórico da mentira como arma política. Foto: Marcos Corrêa/PR

O STF divulgou nota oficial da assessoria de imprensa para desmentir Bolsonaro sem citar seu nome: “O Plenário decidiu, no início da pandemia, em 2020, que União, estados, Distrito Federal e municípios têm competência concorrente na área da saúde pública para realizar ações de mitigação dos impactos do novo coronavírus.”. Comparou-o com o ministro de propaganda de Hitler, Goebbels, mas também nome nenhum foi citado. Resultado: o presidente da República repetiu a mentira e ficou tudo por isso mesmo. Chega de recriminações, de citações indiretas e de críticas históricas. O STF daria contribuição mais efetiva ao combate desastrado do desgoverno à pandemia se não dificultasse tanto a investigação da CPI da Covid no Senado desautorizando quebras de sigilo de seus investigados. Mais ação e menos lero-lero.

Para ouvir comentário clique aqui e, em seguida, no play

Assuntos para comentário na quinta-feira 29 de julho de 2021

 1 – STF acusa Bolsonaro de ‘mentir’ na pandemia – Esta é a manchete da página A 10 da Editoria de Política da edição impressa do Estadão de 29 de julho de 2021. Que efeitos práticos poderão resultar dessa constatação sobre a extinção, ou não, do mandato do acusado de seguir Josef Goebels

2 – ‘Agricultor’ armado gera memes e polêmica – Este é o principal título da página A 11 da Editoria de Política do jornal desta quinta-feira. Por que o governo insiste em duas narrativas perigosas: armar o cidadão comum e apagar mensagens absurdas das redes sociais em vez de evitá-las

3 – Endividamento bate recorde e pode colocar retomada em cheque – Esta é a manchete de primeira página do Estadão do dia. A que conclusão podemos chegar ao constatar a dura realidade que põe em xeque a tentativa do governo federal de divulgar dados econômicos positivos na pandemia

4 – Centrão mira Orçamento e quer recriar Planejamento – Este é o título de chamada no alto da primeira págína do jornal que está circulando. O que você tem a dizer sobre a perspectiva de o Centrão do “não sobra um, meu irmão” avançar definitivamente sobre o bolso do cidadão

5 – Saúde vai testar terceira dose para vacinados com Coronavac – Este é o título de outra chamada no alto da primeira página do Estadão. Por que o Ministério da Saúde lança esses balões de ensaio em vez de garantir o fornecimento das duas doses que estão sendo aplicadas a conta gotas

6 – São Paulo antecipa vacina e desafoga o comércio – Eis o título de uma chamada na primeira página do jornal. Qual seria a contribuição que essa iniciativa do governo estadual paulista daria para a desejada e reivindicada reativação da economia

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.