Bolsonaro em respeito ao cargo
As informações e opiniões formadas neste blog são de responsabilidade única do autor.

Bolsonaro em respeito ao cargo

Presidente resolveu não participar e recomendar que ministros também não participem dos atos em apoio a seu governo, que poderão ser interpretados como críticas ao Congresso e ao STF, por respeito ao cargo

José Nêumanne

21 de maio de 2019 | 18h09

Prudência de Bolsonaro ao não participar de atos contra outros poderes deveria ser seguida pela decisão de governar para todos, como prometeu na posse. Foto: Wilton Jr.,/Estadão

Bolsonaro não comparecerá às manifestações convocadas para o próximo domingo 26 de maio em (até agora) 60 cidades brasileiras, incluindo capitais e o DF, e recomendará a seus ministros que também mantenham distância prudente dos atos. Diz ainda que o faz isso por respeito ao cargo e responsabilidades. Aliás, o ministro da Cidadania, Osmar Terra, já tinha dito que o governo precisa ficar neutro no caso. Quem sabe, poderá ser um bom primeiro passo para o chefe do governo, enfim, assumir o compromisso feito na posse de governar para todos os brasileiros, e não apenas para seus eleitores ou prosélitos. Isso, contudo, não pode ser interpretado como uma desqualificação dos atos programados, pois, como escrevi em artigo no Blog do Nêumanne, o povo na rua é e será sempre benéfico para a democracia e para o País. Direto ao assunto. Inté. E só a verdade nos salvará.

Para ver vídeo no YouTube clique aqui