Bolsonaro é um zero à esquerda, diz Venceslau

Bolsonaro é um zero à esquerda, diz Venceslau

Para primeiro denunciante de corrupção do PT, em Nêumanne Entrevista, o presidente, "um zero à esquerda", só termina seu desgoverno se isso for de interesse, "não de Deus, mas dos milicos"

José Nêumanne

15 de agosto de 2021 | 21h15

1 – Para o economista #paulodetarsovencedslau, #jairbolsonaro só termina seu desastrado governo se for do interesse não de Deus, mas dos milicos. 2 – Na série Nêumanne Entrevista, ele disse que o presidente obrará um milagre: ele, que detesta Lula, votará no petista se disputar com o capitão. 3 – O entrevistado contou que foi torturado pessoalmente pelo coronel Brilhante Ustra no pátio central do Doi-Codi, “fardado e com muita raiva”. #joseneumannepinto. Direto ao assunto. Inté. E só a verdade nos salvará.

Para ver vídeo no YouTube clique aqui

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.