Bolsonaro dá nosso dinheiro aos políticos

Presidente assume cinicamente seu apoio ao uso de dinheiro do povo para dobrar o financiamento a candidatos e partidos em disputas eleitorais e fingir economia de R$ 2 bilhões, que não houve

José Nêumanne

27 de julho de 2021 | 20h07

Bolsonaro com a neonazista Storch e o marido, num amplo sorriso de quem despreza o luto de seus apoiadores judeus recebendo a neta de um ministro de Hitler, o genocida do holocausto. Foto: Rep.rodução

1 – #jairbolsonaro avaliza aumento de R$ 2 bilhões para R$ 4 bilhões de nosso dinheirinho para candidatos e partidos gastarem na eleição de 2022. 2 – Modesto Carvalhosa diz que Fundo Eleitoral fere a Constituição, Di Franco o chama de “cínico”, e José Paulo Cavalcanti, de “um assalto”. 3 – O presidente da República recebe neonazista alemã Von Storch, neta do ministro de Turismo de Hitler, assassino de 6 milhões de judeus.#joseneumannepinto. Direto ao Assunto. Inté. E só a verdade vai nos salvar.

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.