Bolsonaro cobra PF
As informações e opiniões formadas neste blog são de responsabilidade única do autor.

Bolsonaro cobra PF

Atentado a faca de Adélio contra presidente foi crime político e cidadão exige da PF aquilo que vítima mandou a PF fazer, pois quer saber o que motivou a ação do homicida frustrado e quem o patrocina até hoje

José Nêumanne

11 de fevereiro de 2019 | 12h46

No hospital onde convalesce de cirurgia, Bolsonaro pede rapidez à PF na investigação sobre seu agressor em Juiz de Fora e faz muito bem. Foto: Jair Bolsonaro/Twitter

O presidente Jair Bolsonaro fez muito bem em se deixar filmar passeando nos corredores do Hospital Albert Einstein para acabar de vez com as fake news de que estaria mal. E também ao postar no Twitter seu apelo, que é também uma ordem, para que a PF, sob seu comando, esclareça de uma vez a facada de que foi vítima em Juiz de Fora (MG). Aquele atentado foi um crime contra a democracia e a PF, que ele elogiou, mas que já tinha falhado ao não impedir o atentado, conclua de uma vez o inquérito sobre quem pode ter manipulado a mente doentia e a mão assassina do ex-militante do PSOL Adélio Bispo de Oliveira. O detalhe absurdo é o partido de esquerda reclamar da citação do fato.

Para ouvir no Blog do Nêumanne, Política, Estadão, clique aqui e, em seguida, no play

 

Assuntos para comentário de segunda-feira 11 de fevereiro de 2019

 

1 – Haisem – Bolsonaro pede à Policia Federal para resolver nas próximas semanas a investigação sobre a facada que sofreu em 6 de setembro em comício em Juiz de Fora (MG)

SONORA_ BOLSONARO 1102

2 – Carolina – Boletim médico indica boa recuperação de Bolsonaro no Hospital Albert Einstein e ele chegou a caminhar nos corredores

3 – Haisem – Cauan Emanuel, sobrevivente do incêndio do CT do Flamengo, diz que alojamento tinha gambiarra de ar condicionado

SONORA-SOBREVIVENTE 1102

4 – Carolina –  O que o tem preocupado no acompanhamento de delações como as dos irmãos Batista e de Antônio Palocci ultimamente

5 – Haisem –  É isso que você chama de omissões premiadas, então, é?

6 – Carolina – Damares Alves fará pente-fino na concessão de indenizações para guerrilheiros de esquerda que combateram o regime militar

7 – Haisem – Que motivos teve o prefeito de São Paulo, Bruno Covas, para conseguir que a Justiça decretasse sigilo sobre situação de viadutos na cidade.

8 – Carolina – Bolsonaro nomeou general Jesus Corrêa para o Incra, agora subordinado ao Ministério da Agricultura

 

Tendências: