As informações e opiniões formadas neste blog são de responsabilidade única do autor.

Bolsonaro censura covid

Cumprindo ordens atabalhoadas do presidente, general intendente da Saúde deixou de dar informações essenciais sobre contágio da covid-19 no Brasil atrapalhando combate à pandemia e assombrando o mundo

José Nêumanne

08 de junho de 2020 | 21h57

Cumprindo ordens sem nexo nem razões de Bolsonaro, general intendente da Saúde, Pazuello, permanente provisório, assusta o Brasil e assombra o mundo no combate desastrado à pandemia. Foto: Gabriela Biló/Estadão

Bolsonaro usa liberdade de expressão como pretexto para defender seus apoiadores que assassinam reputações de adversários tratados como inimigos. Mas está sendo questionado por censurar dados sobre casos e óbitos da covid-19 violando a Constituição e a lei da transparência, além de atrapalhar a pesquisa científica e o combate à pandemia no Brasil. Um vilão trapalhão perverso e insensível.

Para ver comentário no Jornal da Gazeta da segunda-feira 8 de junho de 2020, às 19 horas, clique aqui

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências: