Bolsonaro ataca imprensa

Bolsonaro ataca imprensa

Áudio da repórter do Estado no Rio Constança Rezende desmente chamada sensacionalista de tuíte do Terça Livre, usado pelo presidente para atacar a imprensa repetindo o que PT fazia em seus governos

José Nêumanne

11 de março de 2019 | 16h55

Bolsonaro mostra-se tão incomodado com críticas da imprensa como Lula e Dilma em seus governos. Foto: Adriano Machado/Reuters

O compartilhamento por Jair Bolsonaro – tenha sido feito por ele ou pelo filho 02, Carlos – de uma gravação em que a repórter Constança Rezende, do Estado, não disse o que lhe está sendo imputado por milicianos de redes sociais – que a reportagem sobre investigação do Coaf de movimentação financeira do ex-assessor de Flávio Bolsonaro na Alerj, o PM Fabrício Queiroz, teria “intenção” de arruinar Flávio Bolsonaro e o governo” – torna o presidente da República cúmplice de uma mentira. Tudo para desqualificar a imprensa, como Lula e o PT faziam tentando desqualificar a imprensa para acabar com a liberdade de informação, o que não conseguiram em seus 13 anos e meio de governo. Direto ao assunto. Inté. E só a verdade nos salvará.

Para ver o vídeo no Youtube clique aqui

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.