As informações e opiniões formadas neste blog são de responsabilidade única do autor.

Bolsonaro ainda nega covid-19

Presidente não se rende ao resto do mundo,à OMS e à maioria dos infectologistas, comprou briga com seu ministro da Saúde e diz ter preparado decreto para por fim a isolamento social na guerra ao coronavírus

José Nêumanne

03 de abril de 2020 | 21h16

Bolsonaro virou as costas ao mundo inteiro, aos Poderes Legislativo e Judiciário e à metade técnica de sula equipe ministerial para exigir um tal isolamento vertical. Foto: Isac Nóbrega/Pr

A pandemia do novo coronavírus chegou nesta quinta-feira, 2 de abril de 2020, à marca de 1 milhão de pessoas infectadas e já tirou a vida de mais de 51 mil  ao redor mundo inteiro. Egressa da província chinesa de Uham. ela já se disseminou por 181 países e todas as regiões. Os mais impactados – Estados Unidos, Itália, China e Alemanha – adotaram mudanças drásticas nos seus modos de vida – do trabalho à religião. O presidente da maior potência mundial, Donald Trump, rendeu-se à necessidade do isolamento social dos cidadão para deter a velocidade do contágio. Mas seu colega e amigo brasileiro, Jair Bolsonaro, continua resistindo a essa obviedade. E disse ontem que tem um “decreto pronto” que determina a reabertura dos comércios e atividades que foram consideradas não essenciais pelos governadores e prefeitos.

Para ouvir comentário no Jornal Eldorado clique aqui

Para ouvir no Blog do Nêumanne, Política, Estadão, clique no link abaixo:

Assuntos para comentário da sexta 3 de abril de 2020

1 – Haisem – Na contabilidade oficial, na qual pode haver até subnotificação, foi ultrapassada a marca de 1 milhão de infectados pelo coronavírus. Por que o presidente Jair Bolsonaro escolheu justamente este dia anunciar que tem um decreto pronto para abrir o comércio no País

2 – Carolina – O chefe da Casa Civil, general Braga Neto, mandou repórter na entrevista coletiva estudar a Constituição para responder a uma questão sobre lerdeza do governo Bolsonaro na previsão da chegada aos pobres que receberão ajuda de 600 reais por mês

3 – Haisem – Qual foi a sensação que você teve ao abrir o computador hoje e ver a notícia que já aumentou o número de sepultamentos nos cemitérios de São Paulo, a cidade mais atingida pela covid-19 no Brasil

4 – Carolina – Presidente diz que falta humildade a Mandetta – diz título de chamada na primeira página do Estadão de hoje. A Presidência da República dá autoridade a Jair Bolsonaro para julgar as pessoas a este ponto e em que esse possível defeito de seu auxiliar interfere no combate à endemia no Brasil

5 – Haisem – País não tem equipamentos para profissionais – Que tipo de repercussão pode trazer esta notícia, dada na primeira página do Estadão de hoje, no atendimento aos infectados, cujo número deve subir significativamente nestes dias, segundo previsão de especialistas

6 – Carolina – Aliás, ao que parece, o Congresso Nacional não precisou de muito rito para aprovar o tal do orçamento impositivo, foco da briga entre Executivo e Legislativo antes da crise do coronavírus, não foi

 

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.