As informações e opiniões formadas neste blog são de responsabilidade única do autor.

Bolsonaro agride instituições omissas

Três dias após presidente ter insultado democracia e avançado em autogolpe, Toffoli faz como Maia, que tergiversa, e Alcolumbre, que cala, permitindo que presidente atropele Estado de Direito

José Nêumanne

06 de maio de 2020 | 19h54

Como o presidente da Câmara, que generaliza, e o do Senado, que cala, Toffoli não responde diretamente insultos de Bolsonaro permitindo que ele desmoralize instituições. Foto: Nelson J./STF

O presidente Jair Bolsonaro não tem papas na língua e diz cobras e lagartos das instituições ditas democráticas como se estivesse em boteco pé de chinelo e assim avança rumo ao autogolpe sem freios. Enquanto isso, as ditas instituições, que deveriam proteger o Estado de Direito, ficam à mercê de sua língua de trapo, pois seus usuários, como Dias Toffoli, se acovardam sem dar nome ao boi.

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.