Boechat caiu do céu
As informações e opiniões formadas neste blog são de responsabilidade única do autor.

Boechat caiu do céu

Conforme Anac, helicóptero em que âncora da Band caiu na Anhanguera, causando sua morte, tinha passado por revista técnica regular, mas seu dono não tinha autorização oficial para cobrar por transporte

José Nêumanne

12 de fevereiro de 2019 | 12h31

Segredo do enorme sucesso de Boechat era sua dedicação integral ao ofício e a busca permanente da informação correta e exclusiva. Foto: Nilton Fukuda/Estadão

Num ano que começa marcado pelo massacre do Rio Doce e a mortandade das vítimas da lama seca da barragem da Vale em Brumadinho e pelo incêndio doloso dos meninos da base do Flamengo, a morte de Ricardo Boechat, caindo num helicóptero sobre uma carreta na Via Anhanguera, embora acidental, também tem a marca registrada do desleixo geral. O helicóptero de Ronaldo Quattrucci, que também morreu na queda e colisão, estava regular, segundo a Anac, mas a empresa RQ Serviços Aéreos Especializados não tinha aval para transporte remunerado de passageiros. À fatalidade – provavelmente uma pane teria provocado a queda – é adicionado o registro comum de algo fora da ordem.

Para ouvir clique aqui e, em seguida, no play

 

Para ouvir no Blog do Nêumanne, Política, Estadão, clique no link abaixo:

 

Assuntos para o comentário da terça-feira 12 de fevereiro de 2019

 

1 – Haisem – Atropelamento do helicóptero em que Boechat viajava por uma carreta é um acidente ou faz parte da miríade de tragédias causadas pela negligência e pela impunidade reinantes no Brasil?

SONORA_BOLSONARO 1201

2 – Carolina – O que você relata de tão espantoso em seu artigo Um país entregue aos ratos no Blog do Nêumanne esta semana?

3 – Haisem – Como foi possível o CT do Flamengo ter funcionado sem alvará

4 – Carolina – Por que a CPI da Lava Toga foi arquivada no Senado?

5 – Haisem – Receita tira o corpo fora no episódio da investigação sobre Gilmar

6 – Carolina – Por que André Ceciliano demitiu Elizângela Barbieri, que era de tal confiança que movimentou 26 milhões em sua conta na Alerj

7 – Haisem – Presidente Jair Bolsonaro autorizado pelos médicos a ter alta do Hospital Albert Einstein esta semana

8 – Carolina – Haddad vai monitorar ações do governo e elaborar propostas para a oposição; protagonismo visa conservar capital eleitoral diante da percepção de que Lula está fora da disputa

 

 

 

Tendências: