Argentina e Brasil contra Maduro
As informações e opiniões formadas neste blog são de responsabilidade única do autor.

Argentina e Brasil contra Maduro

Após anos de apoio do PT de Lula e Dilma e do casal Kirtchener a chavismo, Brasil de Bolsonaro e Argentina de Macri denunciam, juntos, a farsa da falsa democracia de Nicolás Maduro na Venezuela. Ufa!

José Nêumanne

17 de janeiro de 2019 | 07h07

Bolsonaro e Macri afinam discurso a favor da democracia e contra ditadura bolivariana na Venezuela. Foto: Ernesto Rodrigues/Estadão

Foi-se o tempo em que Brasil de Lula e Dilma se alinhava com Argentina de Nestor e Cristina Kirchener em prol de Hugo Chávez, ditador da Venezuela tratado pelos parceiros do Cone Sul como se fosse estadista. A visita de Maurício Macri, presidente da Argentina, a Jair Bolsonaro, presidente do Brasil, deixou claro que o tom da conversa mudou de mel para fel. O argentino disse que não aceita o escárnio praticado com a democracia na Venezuela, que graças aos velhos compadres, agora fora do poder, chegou até a ultrapassar a cláusula democrática para ter acesso ao Mercosul e ainda afastar do acordo o Paraguai. E o brasileiro falou em cooperação na defesa da liberdade aqui na América do Sul. Este é meu comentário no Estadão Notícias, no ar desde 6 horas da quarta-feira 16 de janeiro de 2019.

Para ouvir clique aqui e, em seguida, no player