Aloysio, Jungmann, Gilmar e Paulo Preto
As informações e opiniões formadas neste blog são de responsabilidade única do autor.

Aloysio, Jungmann, Gilmar e Paulo Preto

E-mails encontrados pela PF na casa do ex-diretor da Dersa dão conta do envolvimento pessoal dos ex-ministros de Temer na tentativa de convencer ministro do STF a retardar ações contra operador tucano. E agora?

José Nêumanne

07 de março de 2019 | 11h01

Com Gilmar, Aloysio e Jungmann citados em e-mails apreendidos pela PF em sua casa, Paulo Preto ainda não foi solto. Foto: Robson Fernandes/Estadão

MPF da Operação Lava Jato requereu o afastamento do ministro do STF Gilmar Mendes das ações movidas contra o chamado operador do PSDB Paulo Vieira de Souza, Paulo Preto. Há fortes motivos para isso: afinal, Sua Excelência tem feito o que está a seu alcance para soltar o réu, que já foi condenado a 27 anos e agora acaba de sê-lo novamente a 145. Isso perfaz o total de 177 anos de pena, 19 menos do que os 196 do ex-governador do Rio Sérgio Cabral. O pedido baseia-se na descoberta de e-mails nos quais o ex-senador tucano Aloysio Nunes Ferreira tenta contato com Gilmar para apelar pelo réu após ter conseguido seu telefone com o ex-ministro da Segurança Raul Jungmann. Pois é!

Para ouvir clique aqui e, em seguida, no play

 

Assuntos para comentário da quinta-feira 7 de março de 2019

 

1 – Haisem – 3 – Procuradores da Lava Jato dizem que Aloysio Nunes Ferreira procurou Gilmar para ajudar a Paulo Vieira de Souza

 

2 – Carolina – Juíza Maria Isabel do Prado condena ex-diretor da Dersa Paulo Vieira de Souza, Paulo Preto, a mais 145 anos de prisão, maior pena da Lava Jato

 

3 – Haisem – Governo anuncia PEC do fim da unicidade sindical depois de resolvida a votação da reforma da Previdência no Senado

 

4 – Carolina – Planalto diz que  Bolsonaro não quis falar mal do carnaval quando divulgou o tuite polêmico da terça-feira gorda. Ele quis, então, o quê?

SONORA_MAJOR OLIMPIO 0703

 

5 – Haisem – Eduardo Bolsonaro diz que polêmica em torno do tuíte do pai é tentativa de iniciar projeto de impeachment contra ele e, segundo BR 18, Carlos Bolsonaro dá prioridade ao combate aos “isentões”. E aí?

 

6 – Carolina – Maduro expulsa Martin Kreiner, embaixador da Alemanha em Caracas, Haisem –  de samba querem mais utilização da Marquês de Sapucaí, com administração estadual, como acenou o governador Wilson Witzel, e privatização do desfile, mas criticam fim da subvenção da prefeitura em 2020, anunciada pelo prefeito Marcelo Crivella

 

7 – Haisem – Escolas de samba querem mais utilização da Marquês de Sapucaí, com administração estadual, como acenou o governador Wilson Witzel, e privatização do desfile, mas criticam fim da subvenção da prefeitura em 2020, anunciada pelo prefeito Marcelo Crivella

 

8 –Carolina –  Homenagem da Mangueira no desfile vitorioso das escolas de samba do Rio expõe o vexame das policiais estaduais e federais e dos militares que comandaram a intervenção da Segurança no Rio na investigação sobre a execução da vereadora

SONORA_LEANDRO VIEIRA B