Adeus, Teori
As informações e opiniões formadas neste blog são de responsabilidade única do autor.

Adeus, Teori

Esperanças do Brasil e do mundo no combate à corrupção caem no mar com Zavascki a bordo

José Nêumanne

20 de janeiro de 2017 | 09h08

Equipes de busca resgatam pedaços do avião e corpos das vítimas no mar

Equipes de busca resgatam pedaços do avião e corpos das vítimas no mar de Paraty Foto Marcos Landim TV Rio Sul

A queda do bimotor em Paraty, que pôs fim à vida do relator da Operação Lava Jato no STF, ministro Teori Zavascki, trouxe uma inestimável perda para o povo brasileiro, que hoje reserva exclusivamente para a investigação do maior escândalo de corrupção da história da humanidade o que lhe resta de credibilidade e esperança. É um momento de luto e dor para quem perdeu a fé nos Poderes republicanos, inclusive o Judiciário, representado pelo Supremo, cuja maioria dos membros não está livre das desconfianças de corporativismo, compadrio e até mesmo parcialidade, e o ministro morto era a única exceção de um poderoso da República que agia com lisura, competência técnica e sensibilidade.

(Comentário no Direto da Redação 3 da Rádio Estadão – FM 92,9 – da quinta-feira 19 de janeiro de 2017, às 17h32m)

Para ouvir clique aqui e, aberto o site da emissora, 2 vezes no play sob o anúncio em azul

 

Tendências: