Acordão pela impunidade geral

Troca dos titulares da comissão especial das 10 medidas anticorrupção comprova acordão pela impunidade geral

José Nêumanne

17 de novembro de 2016 | 17h16

Há algum tempo, meu amigo Lindberg Martins Oliveira, filho de Manuel da Carne de Sol, que fundou o restaurante que lhe valeu o apelido, em Campina Grande, me mandou um vídeo no qual o professor de Direito Luiz Flávio Gomes denunciou a existência de um acordão pela impunidade dos políticos, empresários e funcionários do governo e das estatais denunciados em operações como Lava Jato, Zelotes, Acrônimo, etc. Tudo tem sido confirmado ao longo dos tempos e chegou agora ao ápice com a troca dos integrantes da comissão especial instalada na Câmara dos Deputados para encaminhar para o plenário da Casa o texto final da lei em que resultará o projeto Dez Medidas Contra a Corrupção, apresentado pelo Ministério Público Federal com o apoio de 2 milhões de cidadãos brasileiros aptos a exercerem seus direitos políticos. No dia do 127º aniversário desta insana República, LFG fez um mutirão no youtube, no qual lhe dei o depoimento que você pode acompanhar clicando no play no meio da imagem abaixo:

 

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.