As informações e opiniões formadas neste blog são de responsabilidade única do autor.

A única fraude eleitoral é Bolsonaro

Presidente insiste sem apresentar nenhuma prova na ocorrências de fraudes nas eleições brasileiras e sem argumento racional aponta como remédio para o mal o voto impresso, objeto de lei que inventou

José Nêumanne

17 de novembro de 2020 | 21h25

No mesmo cenário em que cometeu crime eleitoral apoiando explicitamente candidatos, Bolsonaro defendeu em sua live semanal o voto impresso para evitar a fraude nas eleições, duas obsessões dele. Fotyo: Reprodução

,Obsessão do presidente Jair Bolsonaro em denunciar eleições fraudadas, incluindo a vencida por ele próprio, deixa claro o fato de que ele é a única fraude comprovada na História da política brasileira, como atesta a lista de traições que cometeu em relação ao discurso de campanha publicada por Nando Moura. A exemplo do que aconteceu com Donald Trump, de quem ele se apresenta como pato, não trouxe a lume nenhum fato para comprovar as denúncias insistentes. Nem fatos que comprovem a eficácia do voto impresso, que é sua cloroquina eleitoral. Recomendo a respeito que acompanhe a entrevista extra com o presidente do TSE, ministro do STF Luís Roberto Barroso (https://www.youtube.com/watch?v=aYhto…), o editorial do Estadão “É hora de trabalhar, presidente” (https://opiniao.estadao.com.br/notici…) e o artigo de Carlos Alberto Di Franco no mesmo jornal de hoje, Recado aos eleitos (https://opiniao.estadao.com.br/notici…), além do meu artigo semanal no blog (https://politica.estadao.com.br/blogs…). Direto ao assunto. Inté. E só a verdade nos salvará.

Para ver o vídeo no YouTube clique aqui

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.