A toupeira e o hipopótamo
As informações e opiniões formadas neste blog são de responsabilidade única do autor.

A toupeira e o hipopótamo

PSDB perde chance histórica de conquistar eleitorado lambendo botas de Temer

José Nêumanne

19 de outubro de 2017 | 17h51

Tasso e Aécio negociam no Senado retirada que já deveria ter sido imposta Foto: Dida Sampaio/EDstadão

Depois do rotundo fracasso dos governos petistas sob a pecha de terem promovido a maior limpa dos cofres republicanos da História, os tucanos tinham tudo pra brilhar em qualquer cenário no Brasil, mostrando-se como alternativa viável aos adversários. Mas, dando uma mostra de que seus adversários têm razão quando dizem que eles têm nojo de povo trabalhador, lambem as botas de Temer como se a este estivessem ligados umbilicalmente, em vez de alegarem o contrário, pois nem sequer votaram no vice que virou presidente e cumpre o resto do mandato de Dilma. Mais um capítulo dessa tragicomédia é o episódio recente de tentar convencer Aécio a deixar a presidência do partido em vez de convidá-lo a se retirar da presidência e do partido, demonstração de que o PSDB é uma legenda de manadas sem rumo que fazem alta política ou realpolitik com a sutileza de um hipopótamo e o talento de uma toupeira. Este foi um dos temas que comentei no Estadão às 5, ancorado por Emanuel Bomfim e transmitido ao vivo pela TV Estadão do estúdio no meio da redação do jornal e repassado pelas redes sociais Youtube, Twitter, Periscope Estadão e Facebook na quinta-feira 19 de outubro de 2017,às 17 horas.

Para ver clique aqui

 

Para ver no Blog do Nêumanne, Politica, Estadão, clique no link abaixo:

Tendências: