A sucata de Bolsonaro contra a democracia

Presidente promoveu desfile da sucata dos fuzileiros para lhe dar a narrativa da fraude na eleição de 2022 e, assim, ficar no poder num autogolpe,, caso perca a disputa eleitoral

José Nêumanne

11 de agosto de 2021 | 22h10

Carros de combate antigos, enferrujados e espalhando fumaça pela Esplanada dos Ministérios serviram de ameaça a deputados que votariam PEC do voto impresso, pretexto para melar a eleição de 22. Fot9o: Gabriela Biló/Estadão

1 – #jairbolsonaro recorreu ao desfile de sucata de milicos para extinguir o sistema eletrônico de coleta e apuração de votos, tema de seu autogolpe. 2 – Presidente quis mostrar força, mas sua fraqueza revelou-se na ausência dos presidentes dos poderes Fux, Pacheco e Lira no seu show de ferrugem. 3 – Tenente coronel Hélcio Franco prometeu dedicar-se à religião para purgar seus pecados, como fazem os bandidos, antes até de ser preso por crimes. #joseneumannepinto. Direto ao assunto. Inté. E só a verdade nos salvará.

Para ver vídeo no YouTube clique aqui

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.