A meta e o déficit
As informações e opiniões formadas neste blog são de responsabilidade única do autor.

A meta e o déficit

Revisão de meta fiscal alivia a dor de momento e transfere seus efeitos a longuíssimo prazo

José Nêumanne

16 Agosto 2017 | 12h14

Meirelles atribui a arrecadação fraca fiasco das contas públicas Foto: Sérgio Lima/AFP

O Podcast Comentaristas do Jornal Eldorado da quarta-feira 16 de agosto de 2017 na Rádio Eldorado – FM 107,3 – foi aberto com meu Direto ao Assunto abordando a aceitação passiva do rombo fiscal pela até então considerada brilhante equipe econômica do governo Temer; o truque sujo da dupla Cândido e Lima com a tal reforma política (artgh!); o artigo do professor Carvalhosa negando a possibilidade de o Congresso mudar as regras eleitorais como pretende: os dribles da Segunda Turma do STF em Fachin e Moro; e a tunga que a Oi pretende dar no distinto público, que sempre paga a conta. Eliane Cantenhêde também comentou o rombo das contas federais. Alexandre Garcia falou sobre o combate “mais incisivo” proposto pelo juiz Sérgio Moro à corrupção; a ida da reforma política” para o plenário da Câmara; e a esperteza dos delatores. Gustavo Loyola tratou de meta e déficit. No Direto ao Ponto Sonia Racy falou sobre taxação de fundos de investimentos. E, em Perguntar Não Ofende, Marília Ruiz fez observações sobre a declaração de Jair Ventura sobre proteção de mercado para técnicos brasileiros.

Para ouvir clique aqui