A mansão sem vergonha de Flávio Bolsonaro

No momento em que o Brasil bate recorde em mortes por covid e tem queda de 4,1% no PIB no quarto trimestre de 2021, filho do presidente investir quantia que é acusado de extorquir é um acinte

José Nêumanne

03 de março de 2021 | 21h55

A mansão cque Flávio Bolsonaro comprou perto do Lago Paranoá, em Brasília, por quase 6 milhões de reais é um acinte num país que adoece, morre e empobrece. Foto: Dida Sampaio/Estadão

1 – Com a cara-dura de hábito, o primogênito do presidente divulgou nota reclamando da “exploração” da imprensa sobre a compra de mansão pela metade do valor à beira do Lago Paranoá em mais uma encalacrada em que mete o paizão passa-pano. 2 – MP-RJ designou para cuidar da investigação da extorsão de funcionários-fantasmas no gabinete do ex-deputado estadual na Alerj do Rio a madrinha de casamento da advogada do dito cujo. . 3 – A Câmara pediu ao STF para mandar prender o apresentador de TV Danilo Gentili que incitou seus seguidores no Twitter a socarem deputados que defendem emenda da impunidade, comparando-o com facínora Daniel O Quê, um despautério. Direto ao assunto. Inté. E só a verdade nos salvará.

Para ver vídeo no YouTube clique aqui

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.