A guerra suja das teles
As informações e opiniões formadas neste blog são de responsabilidade única do autor.

A guerra suja das teles

Operação Greenfield pode abrir caixa preta da guerra suja da telefonia privatizada

José Nêumanne

07 de setembro de 2016 | 08h59

otavio

Otávio Azevedo, ex-Oi, foi preso na Lava Jato

Ao imitar Getúlio Vargas, autor da Lei Terezoca, só para beneficiar Chatô, Lula encalacrou toda a “famiglia” assinando a Lei Telezoca, cujos efeitos têm agora seu desfecho trágico com a falência da Oi, que tem entre os proprietários um amigo dele, Sérgio Andrade, da Andrade Gutierrez, cujo ex-executivo-chefe Otavio Azevedo, preso na Lava Jato, foi um dos protagonistas da guerra suja da telefonia privatizada, investigada na CPI dos fundos de pensão e na Operação Greenfield. Depois dos bons resultados da comissão da Câmara, presidida pelo deputado Efraim Moraes Filho (DEM-PB), agora cabe a PF, MPF e Vallisney Oliveira abrirem essa caixa preta sinistra.

(Comentário no Estadão no Ar da Rádio Estadão – FM 92,9 – na quarta-feira 7 de setembro de 2016, às 7h14m)

Para ouvir clique aqui e, aberto o site da emissora, 2 vezes no play sob o anúncio em azul

 

Tendências: