A fúria fútil da fé
As informações e opiniões formadas neste blog são de responsabilidade única do autor.

A fúria fútil da fé

Católicos rasparam afresco de Volpi em capela de Brasília por fúteis motivos de fé

José Nêumanne

01 Março 2017 | 10h42

Bandeirolas, marca registrada de Volpi, também foram cobertas de cal pela fúria dos padres de Brasília

Bandeirolas, marca registrada de Volpi, também foram cobertas de cal por neo-inquisidores

Um episódio constrangedor para a Igreja Católica, que tenta reconquistar os rebanhos perdidos para as confissões cristãs chamadas evangélicas, usando o Papa marqueteiro Francisco, retorna à memória nacional com o restauro do quadro O sonho de Dom Bosco, de Alfredo Volpi, no Itamaraty e a aparição no mercado de sua tela Santa Bárbara, da época, considerada a fase áurea de sua arte sacra, e que será posta à venda na SP Arte pelo colecionador que a mantinha em seu poder. Silas Martí lembra em reportagem da Folha Ilustrada da Folha de S. Paulo a destruição por ordem da Igreja de um afresco pintado por encomenda da então primeira-dama Sarah Kubitschek na capelinha de Fátima, em Brasília.

(Comentário no Direto do Cavalete no Estadão no Ar da Rádio Estadão – FM 92,9 – na quarta-feira 1.º de março de 2017, às 7h54m)

Para ouvir clique aqui e, aberto o site Estação Nêumanne, no ícone play

O sonho de Dom Bosco, tela de Volpi no acervo do Itamaraty

O sonho de Dom Bosco, tela de Volpi no acervo do Itamaraty