A ferrugem, as ameaças e sem voto no papel

Tanques na esplanada não assustaram deputados, que votaram contra voto impresso e senadores que jogaram lei que ameaçava críticos de Bolsonaro no lixo da História, uma terça-feira para esquecer

José Nêumanne

11 de agosto de 2021 | 17h04

Ameaça dos carros de combate na frente do Palácio do Planalto se esvaiu na ferrugem fumegante de carros de combate velhos que fracassaram como estímulo ao ensaio de autogolpe por Bolsonaro. Foto: Gabriela Biló/Estadão

Em seu artigo no Estadão da quarta-feira 11 de agosto de 2021, Eliane Cantanhêde escreveu: “PEC que recriaria o voto impresso no Brasil foi enterrada, a Lei de Segurança Nacional foi derrubada no Senado e a convocação de blindados militares para desfilar na Praça dos Três Poderes e na Esplanada dos Ministérios foi um fiasco.” Não podemos, contudo, ter a ilusão de que o charlatão sem noção mudará seu objetivo – a reeleição – nem sua tática eleitoral – mentir, mentir, mentir para poder mentir. A tanqueciatta ou micareta fora de hora do capetão terrorista e seus generais barrigudos foi planejada para ser aterradora. Mas a ferrugem exposta chamou a atenção para a péssima gestão do dinheiro público empregado aos bilhões em Forças Desarmadas que despendem o suor do contribuinte cevando o vaidade de seus oficiais ociosos.

Para ouvir comentário clique aqui e, em seguida, no play

Assuntos para o comentário da quarta-feira 11 de agosto de 2021

1 – Câmara derrota voto impresso, na maior derrota de Bolsonaro – Esta é a manchete de primeira página da edição impressa do Estadão de 11 de agosto de 2021 – Qual é a importância histórica da votação dessa PEC para o povo e para o governo federal do Brasil

2 – Na falta de votos, tanques – Este é o título do principal editorial com chamada na primeira página do jornal desta quarta-feira. Ao lado dela a principal fotografia reproduz veículos militares desfilando na Esplanada dos Ministérios em Brasília pouco antes da reunião da Câmara em que foi dada uma resposta à iniciativa polêmica de Bolsonaro e seus comandantes

3 – Senado derruba Lei de Segurança Nacional – Este é o título de chamada do alto de primeira página do Estadão de hoje.  Qual é o recado dado por esta iniciativa de desmonte de um dos entulhos autoritários ainda vigentes em plena democracia

4 – Seca e geada pressionam preços dos alimentos – Este é o título de chamada na primeira página do Estadão do dia. Em que o noticiário meteorológico deste inverno interfere no cotidiano do povo brasileiro afetado pela pandemia da covid 19 e pela crise da economia

5 – Ministro defende “universidade para poucos” – Este é o título de outra chamada de primeira página do jornal que circula. O que você tem a dizer sobre mais um pensamento preconceituoso emitido por um ocupante de uma pasta da relevância da Educação neste momento trágico para o Brasil

6 – Seis ações contra o colapso climático – Este é o título de mais uma chamada de primeira página sobre as providências que deveriam ser tomadas pelos países responsáveis pelas cautelas para evitar as consequências nefastas da devastação ambiental do planeta Terra

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.