A conspiração dos ratos

A conspiração dos ratos

Anistia ao Caixa 2 e à corrupção não passou na Câmara, mas voltará ao plenário na terça. Vôte!

José Nêumanne

24 de novembro de 2016 | 19h40

Rodrigo Bolinha, o conspirador oculto J.Batista/Câmara

Rodrigo Bolinha, o conspirador oculto Foto J.Batista/Câmara

A conspiração dos ratos fracassou nesta quinta-feira e eles não conseguiram impor a anistia explícita no texto da lei ao uso criminoso do Caixa 2 por políticos de forma clandestina, covarde e anônima na Câmara dos Deputados tornando o antídoto do projeto das Dez Medidas Contra a Corrupção num veneno letal. Mas tentarão novamente na próxima terça-feira usando os mesmo métodos: a votação de um relatório sem autor nem número para ser aprovado no voto secreto, inaceitável numa casa de leis. Ninguém mostrou a cara para responder à argumentação irrefutável dos que denunciaram a descriminalização da corrupção para salvar os ameaçados pela leniência da Odebrecht na Lava Jato. Mas voltarão.

(Comentário no Direto da Redação 3 da Rádio Estadão – FM 92,9 – na quinta-feira 24 de novembro de 2016, às 17h36m)

Para ouvir clique aqui e, aberto o site da emissora, 2 vezes no play sob o anúncio em azul

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.