A caixa-preta do BNDES
As informações e opiniões formadas neste blog são de responsabilidade única do autor.

A caixa-preta do BNDES

BNDES poderá perder R$ 14,6 bilhões com Odebrecht, dos quais contribuinte, por meio do Tesouro, arcará com R$ 8,7 bilhões, mais um custo dos campeões nacionais do PT

José Nêumanne

30 de setembro de 2019 | 17h21

Montezano revelou duas cifrasrelevantes sobre Odebrecht no  BNDES: rombo de R$ 14.6 bilhões e buraco que Tesouro vai cobrir de R$ 8,7 bilhões. É pouco ou queria mais? Foto: Wilton Jr/Estadão

O Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES) prepara-se para perder R$ 14 bilhões e 600 milhões nas operações com seu terceiro maior cliente, a empreiteira corrupteira Odebrecht, conforme revelou o presidente da companhia, Gustavo Montalzano, ao jornal O Estado de S. Paulo. O Tesouro Nacional, ou seja, cada cidadão brasileiro que paga imposto, deverá arcar com R$ 8,7 bilhões, jogados no lixão da corrupção do PT e companhia, partidos aliados ou oposição comprada com propinas. Ainda é uma parte ínfima da tal da caixa-preta, cuja abertura continuará sendo exigida da atual diretoria. Direto ao assunto. Inté. E só a verdade nos salvará.

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências: