A cada dia nova agonia

Cúpula do Poder Judiciário desmoraliza juízes de primeira instância, desembargadores de segunda e ministros do topo que passam cinco anos condenando para ver penas caírem sob suas canetadas

José Nêumanne

25 de junho de 2021 | 12h39

Gilmar é o líder do grupo majoritário do STF que se diz dos garantistas, mas na verdade, pratica o salvacionismo dos patronos que os nomearam para o melhor emprego da República. Foto: Gabriela Biló/Estadão

O ministro do STF Gilmar Mendes estendeu os efeitos da declaração de suspeição do ex-juiz Sérgio Moro a processos da Lava Jato contra o ex-presidente Lula do sítio de Atibaia e da doação do terreno para sediar o Instituto Lula. A decisão individual foi tomada um dia após o plenário da Corte considerar o ex-ministro da Justiça parcial por condenar o petista à prisão por 580 dias e o deixou de fora das eleições de 2018. Mas Moro é herói nacional, segundo outro ministro do STF, Marco Aurélio de Mello. Essas decisões da cúpula do Poder Judiciário são absurda por favorecerem um dos patronos das nomeações de seus ministros anulando cinco anos de decisões majoritárias das outras instâncias, desmoralizando a justiça como instituição e a política como dever de ofício. Como vpvó dizia, no Brasil a cada dia sua agonia.

Para ouvir comentário clique aqui e, em seguida, no play

 

Assuntos para o comentário da sexta-feira 25 de junho de 2021

1 – Haisem – Gilmar faz voltar à estaca zero dois casos contra Lula – Este é o título de uma chamada no alto da primeira página da edição impressa do Estadão deste 25 de junho de 2021. Que comentários você tem a fazer sobre essa decisão da cúpula de nosso Poder Judiciário

2 – Carolina –  Polícia Federal afirma não ter sido acionada no caso Covaxin – Este é outro título de chamada no alto da primeira página do jornal desta sexta-feira. Você recebeu essa notícia com alguma surpresa, estranhamento ou indignação

3 – Haisem – Câmara abranda pena prevista na Lei da Ficha Limpa – Este é o título de uma chamada de primeira página na primeira página do Estadão de hoje. Qual, a seu ver, pode ser o objetivo final de mais esse incentivo à corrupção pelo Poder Legislativo federal

4 – Carolina – Lula tem 49% das intenções de voto e Bolsonaro, 23% – Esta é a manchete de primeira página do jornal do dia. Que conseqüências poderão advir da revelação do resultado da pesquisa do Ipec sobre a eleição presidencial de outubro de 2022

5 – Haisem – Um em cada cinco postos de São Paulo pode ficar sem vacina de novo – Este é o título de outra chamada de primeira página do Estadão que está circulando. Por que quanto mais vacinas o Ministério da Saúde anuncia ter comprado menos previsível se torna a imunização de na vida real

6 – Carolina – Banco Central estima inflação de 5.8% e meta pode estourar – Este é o título de mais uma chamada de primeira página do jornal. Quais serão as consequências para o bolso do cidadão brasileiro da volta de mais essa calamidade

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.