A África a seus pés
As informações e opiniões formadas neste blog são de responsabilidade única do autor.

A África a seus pés

Sobrinho vidraceiro de Lula acusado de ter cobrado propina de R$ 30 milhões em falsa expertise

José Nêumanne

11 de outubro de 2016 | 08h37

Taiguara, o vidraceiro que virou barrageiro - Foto: Lúcio Bernardo Júnior - Câmara

Taiguara, o vidraceiro que virou barrageiro – Foto: Lúcio Bernardo Júnior – Câmara dos Deputados

O Ministério Público Federal acusou Lula de ter praticado cinco crimes (corrupção ativa, corrupção passiva, lavagem de dinheiro, tráfico de influência e participação em organização criminosa) na concessão de um empréstimo de R$ 1 bilhão do BNDES à Odebrecht para construir a barragem de Cambembe na Angola do comunista José Eduardo dos Santos durante seu governo. De acordo com a acusação à Justiça federal, foram desviados R$ 30 milhões para o sobrinho de sua primeira mulher, Taiguara dos Santos, que era vidraceiro em Santos antes de oferecer sua inexperiência em engenharia civil. Parte do dinheiro foi usada para gastos pessoais de Frei Chico, irmão do ex-presidente.

(Comentário no Direto da Redação 3 da Rádio Estadão – FM 92,9 – na segunda-feira 10 de outubro de 2016, às 17h35m)

Para ouvir clique aqui e, aberto o site da emissora, 2 vezes no play sob o anúncio

 

Tendências: